Translate

sábado, 27 de maio de 2017

Holanda - parte 1 - Netherlands


Em abril usamos a minha prenda de aniversário. Ganhei do maridão uma viagem a Amsterdam.

Apanhamos frio ( minimo 8º) mas dias de sol. Conhecemos um Amsterdam pluriracial, pluricultural. Colorido. Tolerante. A diversidade imperava. Tive a sensação de que se andasse com uma melancia na cabeça, achariam natural. Mas se andasse com uma melancia na cabeça e de bicicleta seria um deles. :)

Conheci uma Amsterdam das bicicletas. As "Killer bikes" como eles as chamam. 

Nosso guia avisou: quando estivéssemos a sair de algum lugar: 

Killer Bikes... watch out. Look left , right, up and down. There's always one in your direction!  




Fomos a Zaan conhecer a Holanda que eu sonhava. Romântica. Dos moinhos. 




 Zaan é considerada a mais antiga zona industrial do mundo. Dos quase 1000 moinhos que existiam na região, em 1920 restavam apenas 20.


Os moinhos de óleo são imponentes.  Destacam-se na paisagem campestre.



Visitamos por dentro o Moinho de óleo De Zoeker.

Ficamos a saber como funcionam as mós que são extremamente pesadas e estão postas numa esfera. Para que não fique danificada, os moinhos são rodados frequentemente. 


Vimos uma a funcionar e a moer sementes de girassol e outras.














Uma grande aprendizagem para a Luísa. A última viagem ao exterior que ela fez foi há 7 meses. Foi interessante ver a evolução da língua inglesa que vimos na nossa filha.

Enquanto antes tínhamos que traduzir quase tudo o que os guias falavam, desta vez ela raramente não percebia. Estava sempre atenta e fazia comentários sobre o que ia descobrindo. Sem dúvida, do melhor que podemos dar aos nossos filhos.















sexta-feira, 26 de maio de 2017

Nãaaaaaao


Não. Pronto. é oficial. Duda não gosta de ir ao veterinário. 

As últimas duas vezes (que foi apenas engolir um comprimido e cortar as unhas), vomitou no carro.. pffffffff

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Sobremesa de domingo





No domingo foi dia de fazer uma guloseima. Daquelas que todos adoram. Fica uma sobremesa pouco doce, fresca, que sabe bem depois de um almoço que normalmente é farto. 





Ingredientes:

-1 caixa de bolachas Digestive Triumph
- 100g de manteiga Primor sem sal
- 400g de queijo Philadelfia
- 1 lata de leite condensado
- 3 folhas de gelatina

Calda:

Frutos silvestres, açúcar e água

Preparação: esmague a bolacha, misture com a manteiga e unte uma forma com esse preparado. Una o queijo ao leite condensado e as folhas de gelatina. Verta por cima da base de bolacha e leve ao frigorífico por, no mínimo, 12 horas. 

Para a calda, leve todos os ingredientes ao lume até ferver. Deixe arrefecer e verta por cima da tarte.


Ocorreu um erro neste dispositivo