Translate

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Fadinha dos dentes


Desde a queda do primeiro dentinho da filhota que recebemos a visita da Fadinha dos dentes.
O dentinho vai para a caixinha apropriada (não fosse desaparecer a meio da noite), a fada vem, leva o dente e deixa uma prendinha. Tudo na perfeição SE...

-Inicialmente os dentes davam uma margem de segurança: abanavam, abanavam e diiiiiiiias depois lá caíam. Mais do que tempo da mamã atarefada arranjar alguma coisinha.

- Aí a coisa muda de figura: abanou, CAIU!!!

- Da última vez, olhamos  ("fada" e "fado") um para o outro e... lá foi parar uma nota de 5 euritos debaixo do travesseiro. Alegria da desdentada!

- Ontem aconteceu o que não podia... Mais um dente!! ( ou melhor: menos um!). O problema é que caiu de manhã. À noite eu já não lembrava de nada. Hoje de manhã a filha acordou desgostosa...

-"a fadinha não veio, mamã!"
- Oh, filha: esquecemos de por a caixinha debaixo do travesseiro...
-"Nãaaaao! Eu pus!!! "

Fiquei gaga! E lá veio a pérola do meu maridinho...

-"Ontem foi domingo. As fadas não devem trabalhar nesse dia.!"

Luísa olha para o pai com aquele ar de: Não percebes nada de fadas, não é mesmo??

Eu rapidamente:
-Filha: com aquela ventania e chuva forte, as  fadas não conseguem  voar!! Ela seria levada para longe e podia se magoar... (Obrigada S. Pedro!!)

Tudo a postos. S. Pedro: dê uma trégua na chuvarada que a fada precisa dar uma voadinha até aqui. Obrigadinha, sim?!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo