Translate

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Até breve "Naninha"

Semana difícil por estas bandas...

Minha única irmã, mais nova, partiu para tentar a sorte em terras de sua majestade. Foi morar para Inglaterra. Até aqui portei-me como um avestruz. Enfiei a cabeça na areia e fiz de conta que não ia acontecer. Mas aconteceu. E custou. Custou porque não houve despedida. Não pude lhe dar o abraço apertado que tencionava, nem olhar nos seus olhos e dizer-lhe que eu a apoiaria no que pudesse. Custou-me secar as lágrimas da minha filha no dia da despedida e no dia a seguir (e vamos ver até quando...)

Valha-nos a tecnologia com seus WhatsApps e Skypes...

Até breve Nani...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo