Translate

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Aniversário do marido e novas experiências culinárias.


No dia 27 (domingo), maridão fez mais uma primavera. Oportunidade de estarmos juntos a confraternizar...à volta da mesa! 

Desta vez nada de Bolo Cake Design - apenas bolo de chocolate a pedido do marido, sem decoração especial (já que não aprecia pasta de açúcar).

Como aqui em casa somos mais virados para os salgados do que para os doces, resolvi fazer duas experiências. Uma Bimby e uma "tradicional". Ambas fizeram sucesso e cá estão "à mão" para repetir!

Na Bimby:  Focaccia de sardinha
"Revista Bimby junho 2014"


Ingredientes:
350g de água
1 c. chá de açúcar amarelo
25g fermento de padeiro fresco ou 2c. chá fermento de padeiro seco (8g)
100g de azeite + q.b para untar
700g farinha tipo 65 (adicione 30g se utilizar farinha tipo 55)
1c. chá de sal
2 c. chá de orégãos
120g de azeitonas pretas sem caroços
2 latas de sardinhas em tomate
2 c. chá de flor de sal.
Coloque no copo a água, o azeite, o açúcar e o fermento e aqueça 2 min/37ºC/vel 1.
Adicione a farinha e o sal e amasse 1 min/copo/ vel espiga.
Retire e deixe levedar num local morno cerca de 40 min ou até dobrar de volume.
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Unte com azeite um tabuleiro de aproximadamente 30x40cm.
Com as mãos untadas com azeite espalhe a massa pelo fundo do tabuleiro fazendo pressão com a ponta dos dedos. Polvilhe com os oregãos, distribua as sardinhas (sem espinha), as azeitonas e o molho de tomate da lata. Regue com azeite e salpique com a flor de sal.
Leve ao forno a 200ºC cerca de 30 minutos.


Na forma "tradicional"
Cogumelos recheados com alheira e ovo de codorniz.


A receita original (do Pingo Doce, retirada da net), é feita com farinheira. Como não aprecio muito e adoro alheira, lá dei a minha volta ao texto!
Numa frigideira, alourar cebola e alho picado no azeite. Adicionar a alheira sem pele e os pés dos cogumelos cortadinhos. Saltear. Adicionar folhas de tomilho.

Rechear os cogumelos com o preparado anterior e levar ao forno pré-aquecido a 160ºC por 5 minutos. Retirar, fazer um buraco no centro e abrir o ovo de codorniz. Levar ao forno por mais 2 minutos ou até os ovos ficarem escalfados.
Servir sobre uma travessa com salada verde. 


A nossa "entrada" com uma quiche de pescada


Nos doces ficamos pelo tradicional leite creme...


e o bolo de chocolate com chantilly e morangos.


E passamos momentos agradáveis em família. Parabéns maridão! 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo